8 dicas para estimular o seu empoderamento

Por Carol Neves

Empoderamento é autoconhecimento, e autoconhecimento é um caminho longo e cheio de possibilidades. Aqui, você vai encontrar práticas estimulantes que lhe ajudarão a olhar para dentro de si e a encontrar importantes chaves para aumentar o poder pessoal, a vitalidade, a segurança e a coragem. Virtudes indispensáveis para se livrar da depressão e alcançar suas metas na vida.

Em meu trabalho na Pachamama, convivo com muitas mulheres. São inúmeras as que entram em contato diariamente buscando esclarecer dúvidas sobre produtos e, principalmente, buscando soluções para questões pessoais. Desde o início, carregamos essa característica de aconselhamento. Acredito que isso se deve ao fato de vivermos diariamente a filosofia que existe por trás dos nossos produtos. Nossas clientes veem em nós uma referência no que diz respeito a uma vida mais natural e saudável.

Vamos lá que este assunto é muito importante!

Depressão e falta de vitalidade

Tenho observado nos últimos anos que muitas mulheres apresentam quadros de depressão, falta de vitalidade e pouco poder pessoal. Algumas dessas mulheres relatam não ter vontade de acordar pela manhã ou de ir para o trabalho... Muitas estão esgotadas por causa de uma agenda lotada, e outras não conseguem realizar o que desejam porque adiam, indefinidamente, o que precisa ser feito.

É claro que algumas dessas situações, às vezes, me acometem também. Sou mãe de duas crianças, diretora geral da Pachamama, realizo atendimentos e mentorias individuais, conduzo retiros para mulheres e também tenho a mesma agenda lotada, típica de uma mulher contemporânea. Mas, mesmo com tudo isso, mesmo com a correria da vida diária, escuto cotidianamente frases do tipo: 

  • “Nossa, Carol! Como você consegue dar conta de tudo isso?”; 
  • “Você é tão poderosa e autoconfiante!”; 
  • “A Carol é muito feliz, vive cantarolando!”; 
  • “Minha nossa! Você tem uma energia inesgotável!”

Esses feedbacks são muito comuns na minha vida, mas nos últimos anos comecei a avaliar por que tantas mulheres relatam falta de poder pessoal, de alegria e de vitalidade enquanto eu, mesmo enfrentando todos os problemas e questões semelhantes às de muitas mulheres, não me sinto assim. Aliás, me sinto exatamente o oposto de tudo isso.

Compreendendo o tal empoderamento feminino

O “empoderamento feminino” é um conceito que está em alta, a ponto de algumas pessoas confessarem ter até certa preguiça quando escutam a expressão. Infelizmente, é mais um termo relacionado ao poder feminino que é banalizado pelo patriarcado. Mas essa é uma questão para outro momento. Por aqui, vou me ater a trazer pra você um pouco da minha própria experiência a esse respeito.

Para começar, é importante deixar claro que empoderamento feminino não é o poder das mulheres sobre os homens, mas o poder das mulheres sobre si mesmas. Uma mulher empoderada se conhece, se aceita, conhece seu potencial, vai à luta e alcança todos os objetivos a que se propõe.

São muitas as formas e práticas possíveis, e o que eu trago aqui é o que funciona para mim e para muitas mulheres com quem convivo. Tenho certeza de que tudo isso poderá ajudar em seu processo de transformação pessoal e de empoderamento. Leia de coração aberto e, o mais importante, pratique! Só assim você poderá sentir os efeitos do que proponho aqui. 

Vamos às dicas!

1. Vitalize-se com a gratidão

Uma das coisas surpreendentes que descobri nos últimos anos foi o poder da gratidão. É impressionante como, normalmente, fazemos exatamente o contrário todos os dias, sem perceber. Temos como prática reclamar de algo que não esteja tão bem em nosso mundo, e o que nós não percebemos é que cada reclamação nos desvitaliza um pouco mais. 

A gratidão pelas pequenas coisas, ao contrário, nos alegra e impulsiona para uma realidade melhor e com mais motivos para sermos gratas. A gratidão abre portas e envia mensagens para que o universo conspire a nosso favor. Pode parecer insignificante, mas não é. A gratidão é uma prática simples e poderosa, ela deve ser realizada pelo menos uma vez ao dia com consciência. 

Eu costumo realizar pela manhã, ainda de olhos fechados, deitada na cama, e à noite, minutos antes de dormir. E se você acha que sua vida não está bem e que não tem motivos para estar grata, sugiro que comece pelas pequenas coisas. Gratidão por respirar; por ter uma cama para dormir; gratidão por ter o que comer; gratidão pela água que tem para beber... 

E assim, com a prática, a cada dia você vai encontrar mais e mais motivos para ser grata. 

2. Medite para se acalmar e ter equilíbrio

A meditação também é algo que incorporei em meu cotidiano e que mudou minha vida. Por experiência própria, posso afirmar com toda a certeza que uma meditação de vinte minutos pela manhã pode transformar completamente o seu dia. 

Atualmente, existem estudos científicos que comprovam que a meditação altera o formato do cérebro e aumenta as conexões entre os neurônios. Além de proporcionar calma, tranquilidade e equilíbrio, provoca mudanças nas áreas do cérebro associadas à memória, ao estresse e à empatia. 

Para mim, é nítida a diferença do meu dia quando medito e quando não. Já tive a péssima experiência de deixar de meditar por alguns dias, pela correria ou mesmo por preguiça e senti na pele a diferença. Como também tenho uma rotina intensa, com trabalho e crianças, preciso acordar às 4h30 da manhã para realizar minha meditação com calma e tranquilidade, antes das crianças acordarem.  

Como algumas vezes termino meu trabalho na empresa e na casa depois das 21h, levantar-me às 4h30 da manhã não é tarefa fácil para mim. E é isto que acontece quando passamos a nos decifrar: começamos a priorizar e a nos esforçar para realizar coisas que nos fazem bem, pois sabemos que os benefícios são enormes.

Como começar a meditar

Existem inúmeras formas de meditação. Você pode pesquisar mais a respeito e escolher a que lhe pareça melhor. O que normalmente indico para iniciantes é começar devagar. Sente-se confortavelmente em um lugar tranquilo; observe seu corpo; mantenha a coluna ereta e o corpo imóvel. Observe sua respiração: o ar entrando e saindo... 

Depois de alguns minutos, busque um ponto luminoso no espaço entre as suas sobrancelhas e foque sua mente nesse ponto. Pensamentos virão, não os trave. Deixe que os pensamentos venham, mas não se identifique com eles, não converse com eles. Deixe que venham e passem como nuvens. Sempre que puder retorne sua atenção para o ponto de luz no espaço entre as sobrancelhas. 

Experimente. É realmente transformador.

 3. Alimente-se adequadamente

Muitas pessoas sentem fadiga, cansaço, falta de vontade de viver simplesmente pela carência de nutrientes em seu organismo. Nosso corpo precisa de um bom combustível para funcionar bem, por isso, a alimentação é uma grande aliada nesse processo.

Quando acordo, bebo um copo de água morna com suco de meio limão e uma colher de vinagre de maçã, isso ajuda o corpo a se desintoxicar, que é o que ele faz melhor pela manhã. Depois da prática da meditação, preparo um maravilhoso suco verde para toda a família. 

É importante que os ingredientes do suco sejam frescos e orgânicos. Infelizmente, o Brasil ainda é campeão no uso de agrotóxicos e, muitos deles, além de provocarem sérios danos à saúde, têm como efeitos colaterais a falta de vitalidade e a depressão. O suco que faço pela manhã leva, normalmente: 

  • maçã ou pera (que é o que vai produzir a água);
  • cenoura;
  • beterraba ou cará;
  • limão; 
  • couve;
  • salsinha; 
  • ora-pro-nóbis (que tenho com fartura no quintal da minha casa). 

Você pode também criar suas próprias receitas, mas não é interessante misturar frutas, nem colocar outros cítricos. Caso você tenha dificuldade em encontrar maçãs ou peras orgânicas, use água de coco como base do seu suco.

Além disso, durante todo o dia, procuro “descascar mais e desembalar menos”. Quanto mais fresco seu alimento, mais energia vital ele contém. Evite também farinhas refinadas, açúcar e leite, ingredientes que desvitalizam e acidificam o sangue. Seu corpo é seu templo, e para que ele tenha vitalidade, vontade, energia e saúde, é importante que você se esforce para proporcionar a ele o que há de melhor. 

4. Dance para manter a sua saúde em dia

Nosso templo sagrado precisa movimentar-se para que tenha saúde e vitalidade. Por isso, é muito importante que você mantenha uma rotina de atividades físicas que mais combinem com você. Não é necessário esforçar-se para começar a gostar de academias. Se você gosta, ótimo. Se não gosta, ótimo também. Eu mesma não sou adepta aos pesos, esteiras e bicicletas ergométricas, mas faço escalada e, o mais importante, danço. 

O corpo precisa dançar. É através da dança que o corpo se expressa e se liberta. Dançando, você, além de liberar endorfina, entende e conhece mais profundamente seu corpo, torna sua alma leve, livre e cultiva seu jardim interno. A dança é um portal através do qual nos libertamos dos nossos medos, carências, estresses e nos conectamos a nossas potências.  

Através da dança, nossos corpos se alinham. Nos tornamos mais felizes, seguras, elevamos a autoestima, nos curamos e aprendemos a lidar com nossa luz e nossa sombra. A dança nos torna maleáveis, nos ajuda a lidar e vivenciar com mais leveza as dificuldades da vida

5. Faça afirmações elevadas

Diversas tradições espirituais se valem dessa técnica. A física quântica também já provou que as afirmações positivas são capazes de transformar todas as áreas da vida. Já conheço e utilizo essa técnica há muito tempo, mas foi recentemente, através do livro “Você pode curar sua vida”, de Louise Ray, que decidi intensificá-la. 

Indico que você escreva em um caderno as afirmações que deseja trabalhar e repita-as diariamente em voz alta e com bastante energia. É impressionante como as afirmações positivas transformam nossa realidade em questão de segundos. É nítida, por exemplo, a mudança de humor que provocam e, a longo prazo, podem realmente transformar nosso mundo interno e externo.

As afirmações que gosto de fazer diariamente são: 

  • “Eu me amo”; 
  • “Eu me aceito”; 
  • “Escolho ser saudável e plena”; 
  • “Sou um ímã que atrai a divina prosperidade”; 
  • “Posso fazer o que eu quiser”; 
  • “Sou feliz e próspera”; 
  • “Tenho a moradia perfeita”; “Amo meu trabalho”; 
  • “Eu e minha família estamos seguros e divinamente protegidos”.

Você pode criar suas próprias afirmações. Importante é que você cuide das suas palavras e dos seus pensamentos. Faça isso a partir de agora! Afirmações como “Nunca tenho dinheiro para nada...”, “Nada que eu faça melhora minha saúde...”, “Tenho muito azar na vida", farão com que essa realidade continue se manifestando. É isso o que você deseja? Decerto que não.

6. Trabalhe a sororidade 

A sororidade é a união entre mulheres, baseada na empatia e no companheirismo para alcançar objetivos comuns. Essa é uma chave importante, pois a energia feminina se restaura no convívio, no diálogo íntimo e verdadeiro com outras mulheres. Quando a conexão é profunda e vulnerável, quando tiramos as máscaras entre nós mesmas, nos reenergizamos e nos fortalecemos nessa troca.

É por isso que irmandades femininas e círculos de mulheres são tão importantes para nós. Porque quando esses grupos estão estruturados no amor e na empatia eles se tornam oásis restaurativo poderosos para o nosso dia a dia.  

Nós fomos criadas na cultura patriarcal e, consciente ou inconscientemente, crescemos com a ideia de que somos rivais. Isso é muito triste. E não é verdadeiro. Mas sabe aquela história da mentira que é repetida milhares de vezes e que acaba se tornando verdade? Pois é…

Mas meu convite é para que você, a partir de hoje, busque uma conexão verdadeira e amorosa com as mulheres com quem você convive, buscando uma escuta verdadeira e empática e uma fala aberta e entregue. Quando ouvir, tente não julgar nem aconselhar. Apenas ouça e acolha o que as mulheres têm a te dizer. E quando falar, confie, liberte-se, encontre abrigo no colo de outras mulheres. 

Você vai se surpreender com o poder que somos capazes de estimular umas nas outras!

7. Faça uso dos óleos essenciais estimulantes, nossos grandes aliados 

Óleo Essencial de Alecrim Pachamama


Como somos cíclicas, é claro que em alguns momentos do meu mês, preciso de uma ajudinha para manter minha vitalidade e energia elevadas. E mesmo com as práticas diárias, sinto necessidade de utilizar alguns óleos essenciais maravilhosos, que são verdadeiros presentes da natureza.

Óleo Essencial de Laranja Doce Pachamama

O Óleo Essencial de Alecrim é um poderoso estimulante. Melhora a memória e trabalha a alegria, sendo indicado também para depressão e fadiga. Melhora a circulação, mas cuidado, não é indicado para gestantes e pessoas com pressão alta.

O Óleo Essencial de Laranja Doce é um poderoso protetor celular. Trabalha a alegria e o entusiasmo, sendo também levemente calmante. É também excelente como hepato e gastro protetor. É um óleo suave e que pode ser utilizado diariamente, mas atenção, pode manchar a pele em caso de exposição ao sol.

8. Busque suas irmãs quando encontrar o caminho

Essas são algumas das práticas que me ajudaram, e ajudam, a ser uma mulher segura, com autoestima elevada e empoderada do meu próprio potencial. Sei quem sou e do que sou capaz, por isso consigo alcançar minhas metas pessoais e profissionais com segurança e liberdade.  

Por muito tempo, nós mulheres fomos subjugadas e submetidas aos desejos e direcionamentos alheios. Muitas mulheres lutaram para que pudéssemos estar onde estamos e para que tivéssemos os direitos que temos hoje. 

Ainda assim, são inúmeros os desafios da mulher contemporânea, e é importante que olhemos, antes de tudo, para dentro de nós, para que possamos atuar no mundo com sabedoria, empoderadas de quem nós somos e do potencial que temos para atuar na transformação dessa Terra.

Empoderamento é autoconhecimento, e autoconhecimento é um caminho longo e cheio de possibilidades. Siga seu coração e, quando encontrar o caminho, ajude outras mulheres a fazerem o mesmo. Assim, bem amparada e estimulada, não há depressão que chegue perto, mesmo com os altos e baixos que a vida nos oferece.

Poderoso, não é mesmo? Veja também 5 dicas para aumentar a sua libido!

 

----------------------------------------------------------------------------

Crédito Imagem: Raquel Maia