Saúde mental, autoconhecimento e natureza

Por Carol Neves

Se você ainda não sabe, preciso te contar que a sua saúde mental, emocional e física está intimamente ligada aos elementos da natureza. Muitas teorias foram criadas ao longo do desenvolvimento da humanidade para explicar a natureza da matéria. E precisamos levá-las em consideração no processo de autoconhecimento e de cura de nós mesmas, das pessoas ao nosso redor e de nosso planeta. 

Empédocles, filósofo grego que viveu no séc. V a.c., difundiu sua teoria, mais tarde desenvolvida por Aristóteles, segundo a qual tudo o que existe no universo é composto por 4 elementos principais: terra, fogo, ar e água. De acordo com ele, os corpos celestes não obedeceriam a essa "regra", pois seriam formados pelo "quinto elemento": o éter. 

Mais tarde com o desenvolvimento da ciência cartesiana, essa ideia foi totalmente substituída pela ideia de que toda a matéria é constituída por átomos. Sim, os átomos são a mais atual explicação científica para o que constitui a matéria, mas será que num campo mais profundo, toda matéria não é também composta pelos 4 elementos? 

Ayurveda, Medicina Chinesa, Xamanismo e os elementos

Muito antes da teoria de Empédocles, culturas milenares - e muito respeitadas até a contemporaneidade -, já utilizavam a ideia dos elementos para explicar a composição da matéria e também para buscar a causa de desequilíbrios físicos, mentais, emocionais e até espirituais. 

Ar (Vayu), Fogo (Agni), Água (Apas), Terra (Prittivi), além desses 4 elementos, os hindus incluem o Éter (Akasha, Espaço), e os chineses também falam de cinco, incluindo Madeira e Metal. Para as culturas Xamânicas, os povos nativos tradicionais, os elementos também têm papel preponderante em sua cosmovisão.

Qualidades universais

Em todas essas culturas, para além da constituição da matéria, esses elementos têm simbolismos que representam qualidades universais que atuam em diversos níveis da existência dos seres vivos que habitam a Terra. 

E como consequência disso, todo desequilíbrio da saúde integral do ser, deriva do excesso ou da falta de um desses elementos. Um organismo saudável deve ter os elementos em equilíbrio dentro de si. E as doenças, portanto, são resultado do excesso ou da falta de algum desses elementos primordiais. 

Outras linhas filosóficas e médicas foram desenvolvidas a partir desse pensamento, e se você nunca parou para pensar nisso, vem comigo adentrar nesse mundo e perceber se faz sentido para você.

Ar, fogo, terra e água estão em equilíbrio em você?

O ar, quando está em equilíbrio em nosso organismo, nos ajuda a ter leveza, frescor, boas ideias e flexibilidade. Quando está em excesso pode nos deixar dispersas, secas, aéreas, friorentas e com a memória ruim. Pouco ar gera ansiedade, insônia e fobias de modo geral.

O fogo, quando em equilíbrio, transmuta, ajuda na digestão, nos proporciona força de ação, poder pessoal, criatividade. Quando está em excesso, provoca raiva, agitação, egocentrismo, tirania e calores excessivos. E quando está baixo, gera falta de libido e poder pessoal, além de dificuldade de delimitar os próprios limites. 

O fogo é nosso avô

Em um nível ainda mais sutil, o fogo, no Xamanismo, é um avô com quem aprendemos lições de outras dimensões. E para os hindus, o fogo, que sempre está presente em seus rituais, representa o Ser Eterno, para quem são oferecidas ervas específicas, manteiga ghee, óleos especiais, como símbolo da transmutação de algo que precisa ser transformado: nosso ego, alguma enfermidade ou situação desafiadora.

A terra em equilíbrio gera objetividade, determinação, boa memória, aterramento, sabedoria para lidar com dinheiro, foco e concentração. Em excesso leva à avareza, dificuldade de aceitar mudanças, egoísmo, baixa autoestima, tristeza e preguiça. E sua falta provoca dificuldade de foco e concentração e também dificuldade em lidar com questões materiais.

A água em equilíbrio gera fluidez, entrega, flexibilidade, livre expressão, clareza, alegria, vitalidade e autoacolhimento. Em excesso pode gerar desequilíbrios emocionais, tristezas profundas, apego, carência emocional e a sensação de que precisa do outro para se sentir amada. Pouca água gera excesso de controle, medo e falta de confiança.

E o que a Pachamama tem a ver com tudo isso?

Essa é uma sabedoria muito importante para nós, é a base do nosso trabalho. Antes de me juntar às minhas irmãs para fundar a Pachamama em 2010, eu tinha acabado de fazer uma formação em medicina Ayurvédica e estava imersa nessa sabedoria milenar. 

Gailesh, que também estava comigo desde o princípio, vem de um caminho ligado aos povos originários, em que os elementos têm uma importância fundamental na vida de todos os seres, como expliquei acima. Nesse contexto, nasceu a Pachamama, com o objetivo de levar equilíbrio, leveza, alegria e saúde integral às mulheres, despertando também o feminino que há em todos os seres. 

Nossas poções mágicas têm raízes firmes e sólidas, plantadas em saberes ancestrais de culturas milenares. São essas as sabedorias que honramos e respeitamos e são elas que difundimos através do nosso trabalho. Uma das linhas da Pachamama, que traz com muita potência a força dos elementos, é a Linha Mulher Elemental. 

A Mulher das Águas representando o elemento água, a Mulher do Fogo representando o elemento fogo, a Mulher das Flores representando o elemento ar, a Mulher da Terra representando o elemento terra e Mulher das Matas representando a união de todos os elementos. Cada uma dessas "mulheres" pode te apoiar em seu processo de equilíbrio mas, para isso, você precisa saber qual elemento precisa fortalecer.

Ainda não descobriu qual elemento está precisando fortalecer?

Calma amada, não se preocupe, sabemos que, às vezes, achamos que precisamos cuidar de todos eles, e sim, precisamos mesmo. Mas, normalmente, há um deles que precisa de mais carinho e cuidado em determinada fase de nossas vidas. E isso muda, viu?! 

Pode ser que hoje você precise fortalecer seu fogo e, uma vez que o fortaleça, perceba que, meses depois, precisa fortalecer sua água. Muitas pessoas passam a vida com falta ou excesso do mesmo elemento. Sim, cada ser humano é único, e por isso recomendamos tanto por aqui o autoconhecimento. 

E é claro, estamos sempre pensando em como apoiar você em sua jornada! Por isso, criamos um teste simples e rápido para que você descubra qual elemento pode estar desequilibrando sua saúde mental, emocional ou física. Faça o teste e avalie qual a melhor Mulher Elemental é a mais adequada para você neste momento.

Faça o teste da Mulher Elemental e verifique também se você conhece a sua natureza.

 

----------------------------------------------------------------------------

Crédito Imagem: Raquel Maia