Pachamama nasceu do fogo criador

Por Carol Neves e Gailesh

É com muita alegria que inauguramos este espaço de partilhas e trocas. Um espaço virtual que pretende trazer você para mais pertinho desse nosso mundo. O mundo que estamos idealizando e construindo desde 2010. Um novo mundo possível, onde o princípio feminino, amoroso, cooperativo, intuitivo é a base das relações entre todos os seres e o cuidado, amor e reverência à Mãe Terra são intrínsecos à nossa existência.

Quem aqui escreve são mulheres reais, mães, guerreiras, trabalhadoras, esposas e filhas da Terra. Somos fundadoras e representantes da Pachamama, essa empresa maravilhosa que, por amor a essa Terra, oferece saúde, conhecimento e bem-estar, com o grande propósito de ajudar na regeneração e restauração da nossa humanidade e do planeta.

Neste primeiro blogpost queremos te contar nossa história, para que você saiba de onde viemos e aonde queremos chegar. E se o universo te trouxe até aqui, saiba que você também faz parte desta missão!

Como tudo começou

Nos conhecemos em uma noite muito especial, Lua Nova, sexta-feira, 13 de agosto de 2010. Nessa noite nos reencontramos no primeiro "Círculo da Lua Nova", que aconteceu próximo a Belo Horizonte. Esse círculo é vivo até hoje e já fez parte da vida de centenas de mulheres. Os encontros acontecem toda Lua Nova e inspiram muitos outros círculos pelo Brasil afora.

No primeiro encontro, com nossa força, ânsia pelo resgate da energia feminina e humildade, nasceu um fogo que nunca mais se apagou, e a Pachamama é filha deste fogo.

Círculo de mulheres

Um círculo de mulheres é um espaço seguro onde nos encontramos em nossa profundidade. Compartilhamos nossas dores e alegrias, trocamos saberes, cantamos, rezamos, fazemos práticas e vivências que nos conectam com a energia feminina. É um espaço de curas e transformações profundas.

Naquele primeiro círculo em 2010, nos encontramos com o coração cheio de alegria e vontade de estarmos juntas. E para nossa grande surpresa, um grande incêndio aconteceu exatamente no local onde o círculo estava sendo realizado. Como era uma pequena propriedade rural, longe da cidade, não havia bombeiros.


Um portal que se abriu

Tivemos, então, as 9 mulheres ali presentes, que partir pra cima do fogo e tentar apagá-lo. Usamos baldes, folhas de bananeiras e uma coragem enorme brotada de nossas entranhas. Depois de algumas horas, conseguimos apagar o incêndio e isso nos mostrou o poder que mulheres têm quando se reúnem em um objetivo comum. Um portal se abria naquele momento para o nascimento da Pachamama. 

Ao longo dessa jornada, com mulheres em círculo, vimos como é maravilhoso ver mulheres se curando e se empoderando, e essa se tornou uma das missões e propósitos das nossas vidas. Como uma semente pura que encontra sustento para brotar na fertilidade da Terra, desejamos que nossas palavras encontrem em você um coração aberto, para receber o que temos para te ofertar.

O feminino, por amor à Terra

Nós somos mulheres como você, cujas batalhas e vitórias da vida nos trouxeram aqui para compartilhar nossos dons e medicinas, desejando que nossas próprias vidas possam ser impulso, força, sabedoria e amor para a sua própria jornada.

Desejamos que essa chama acenda cada vez mais em seu coração o seu próprio poder, para que juntas possamos semear o despertar e a cura que este planeta tanto precisa.

Através dos ensinamentos, medicinas, inspirações e conhecimentos que iremos trazer aqui, invocamos essa chama, esse sopro, essa água pura e essa Terra fértil, que todas nós somos originalmente. Cocriando com você, que nos lê, a restauração das nossas relações, a cura da nossa humanidade e a paz neste planeta. Por nós, por nossos ancestrais e por nossos herdeiros, as futuras gerações.

Aha!